top of page

Migração e intolerância

Autoria: Umberto Eco


As discussões sobre os grandes fluxos migratórios que temos visto nos últimos tempos e a postura intolerante de muitos para com os migrantes têm obrigado o mundo, em especial os países ds Europa, a defrontar-se com a própria história e os próprios valores. Os quatro ensaios que compõem esta obra convidam o leitor a pensar sobre esses temas, hoje ainda mais atuais e urgentes do que na época em que os textos foram escritos.

Nestes ensaios, Eco explica as diferenças entre os fenômenos de “migração” e “imigração”, apontando suas características e consequências, além de explicitar as nuances entre fundamentalismo, integrismo, racismo e intolerância, tratando de seus perigos no mundo contemporâneo. O autor sustenta que “a compreensão mútua entre culturas diversas não significa avaliar a que o outro deve renunciar para se tornar igual, mas compreender mutuamente o que nos separa e aceitar essa diversidade”. E apresenta argumentos para demonstrar que “eliminar o racismo não significa demonstrar e se convencer de que os outros não são diferentes de nós, mas compreendê-los e aceitá-los em sua diversidade”.

Migração e intolerância é um guia essencial para enxergar o outro com novos olhos, e um manual conciso, visionário e único para compreender o cenário político e social deste momento delicado em que mal-entendidos e ideias retrógradas parecem prosperar.



 

ECO, Umberto. Migração e intolerância. Rio de Janeiro: Record, 2020.





bottom of page